Preço da Felicidade...

Eu também não sei poetar...
Então, vamos nos dar as mãos,
e olhar o horizonte,
numa tarde de verão.

Vamos procurar, em nossa
imaginação, sair correndo
pelos campos de gira-sóis dourados,
e cairmos sobre eles, para podermos
amar com ternura!

Vamos ficar deitados sobre
os gira-sóis dourados,
contemplar o infinito,
sentir a beleza dos pássaros voando
e observá-los até o infinito
para sonhar e
encantar o nosso amor.

E neste contemplar, pegarei tuas
mãos, para podermos,
trocar nossas carícias de amor,
onde tudo isso será uma magia,
para um novo recomeçar!

Maria Aparcida Macedo

 

...

 

 

 

Img. Tineck'es