Venha, meu pequeno Beija-flor!
Venha selar seu beijo junto ao meu,
na ânsia de encontrar do seu adocicar,
beijo-lhe, meu lindo bichinho pequenino e delicado,
fazendo do seu voar, um doce mundo de Paz!...

Sou a sua flor que ora chora, na espera
do seu doce balançar, entre as flores do meu jardim.
Fico na ânsia da espera do amanhecer e do entardecer,
para vê-lo voando, nas pequeninas flores,
do meu amanhecer de um novo dia.

Venha, meu doce Beija-Flor...
Pouse em minhas mãos, para sentir mansamente,
a vontade de amá-lo!

Onde está meu passáro sem destino?
Leve junto meu cheiro de alfazema,
deixe comigo apenas sua peninha colorida,
para colorir os dias meus...

Cante pra mim, bem alto, para me elevar,
nas ondas do teu som tão pequenino,
onde irei encontrar canto de Paz,
deixando entrar, em meu coração,
essa linda melodia de ninar...

Venha, meu Beija-Flor!
Me beije, pois serei a primeira flor da manhã
a esperar seu suave beijar e meu dia suavizar!


Maria Aparecida Macedo
"Maria Anjinha"


 

 
 

 

 

 

CrysGráficos&Design: Crys