Sinto distante tua ausência,
de querer-te ver e ouvir.
Descobri, em ti, a alegria,
de viver os dias meus.
De te querer um minuto, um segundo
sequer, para sentir tua presença.

Quantos delírios de amor...
Quantas vezes, derramei lágrimas
de paixão que vieram de dentro
de minh'alma.
Amor cheio de mistérios,
ternura e candura.

Amor meu, quantos sabores,
e dissabores!
Que nosso amor perdure, para
sempre em nossos corações,
fazendo com que possamos,
ir ao encontro da nossa eterna
alegria e bem viver.

Queixumes jamais teremos,
pois viveremos um amor de prazeres.
Encontrei em ti o que sempre procurei:
A harmonia e paz que tanto almejava.
A Paz coroada com aroma
de flores,vindo do campo.

"Maria Aparecida Macedo"


 
 

 

 

 

 

Img. Top: Tineke