Homenagem Menino Dourado

Não tenhas medo, meu menino grande.
Sou o Anjo Bom... Não corres perigo.
Vem, menino dourado!
Vamos juntos voar, nas amarrotadas nuvens,
desgarradas e se desfazendo,
vendo miragens de um sonho de dor...


Vem sentir a claridade dos meus olhos,
onde num momento de lucidez,
tirei minha venda cenária,
para compor as cores do teu olhar...


Olha, em meus olhos verdes, a claridade da água do mar.
Não tenhas medo das pegadas da areia.
O mar espera por ti, para te acalentar,
e te ninar, no doce balanço das ondas
verdes do mar.


Vem, menino valente, farei um colar
de pedras preciosas, para te adornar,
sentir teu sorriso de menino anjo.
Vem, menino anjo, não tenhas medo.
Estarei a te segurar,em minhas asas brancas,
para te ensinar a voar...voar...


Não fiques perdido. Estarei junto de ti,
para tirar todas as tuas cicatrizes.
Vem morar, em minha ilha, e terás,
um recomeço, sem tropeço,
um caminho de amor florido,
onde encontrarás estrelas sorrindo,
para te confortar e te fazer sonhar um sonho de alegria
em teu olhar...

Maria Aparecida Macedo



Esse poema é dedicado ao meu amigo, poeta, Badu

Imagem: Fotografia do Badu

 

 

Deixe seu recadinho....

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Webmaster e designer by Teka Nascimento
Copyriht© Teka Nascimento - 2009
Lençois Paulista-SP- BR
Todos os direitos reservados®