Em algum lugar do passado,
Eu quis te amar, e este amor eternizar.
Era um amor tão devorador, que hoje,
ficamos eu e você,
a mercê deste passado saudoso!

Quando nos encontrávamos,
nos campos de girassóis,
saíamos a correr em liberdade,
para poder amar incontidamente.

Em algum lugar do passado, voltei,
para buscar aquele antigo amor,
que ficou tatuado, em meu coração,
e, que hoje é, apenas um sonho de uma
saudade dorida!

Maria Aparecida Macedo