Como Fada Voarei...

 

Como Fada me consagrei,
irei ao teu encontro, Anjo Meu.
Estarei nos céus, a tua procura,
para poder me embalar em tuas asas.

Como anjo te espero
Ver-te chegando no meu céu
Minha brancura é o sinal
Da paz que te darei

Irei com o destino para te ver,
pelo caminho das estrelas do meu infinito,
para buscar nossas almas, para o
encontro de nossa Paz.

Sem retas ou traços marcados
Nessa viagem rumo ao estelar
Tens a bússola de uma fada
Seu caminho é o amor

Brilharemos, como Sol dourado.
E com um Arco-Íris, bebendo água no riacho,
sentaremos e ficaremos unidos,
contemplando toda essa beleza.

Não existirá chuvas, nem lágrimas
Em nosso manancial de amor
Nesse cenário lindo e perfeito
Somos a luz que irradia calor

E ao findar este encontro, voltaremos
para o nosso Céu, a procura do nosso
grande despertar, junto de nossas
estrelas cintilantes.
Eu como Fada,
você como Anjo...

Nesse retorno de glória
Teremos a certeza, enfim
Seremos únicas e inseparáveis
Nessa história Angelical
Num lindo conto de Fadas
Na vitória do Amor
Afinal....


Maria Anjinha & Eliane Gonçalves