Cair da Tarde




Estou sentada de frente ao meu PC,
perto da janela a olhar de longe
o entardecer.
Estou a olhar e admirar o nosso
Jardim Mágico,
quieto, silencioso,
um pouco nublado,
vazio dentro de minh'alma!


Vejo pássaros voando,
borboletas beijando as flores,
e beija-flores tirando nectar
para o seu alimentar.

Todos num compasso,
leve, livre e solto,
a bailar na mesma sintonia:
de asas e corpos, no
livre vôo para a liberdade!


Maria Aparecida Macedo